Versão para impressãoEnviar por E-mail

João Rendeiro não pagou coimas decretadas pelo Tribunal da Supervisão

Guardar - Partilhar

favorites email

Partilhar no Facebook

Avaliação: / 0
FracoBom 
A Privado Holding, atualmente em processo de insolvência, não pagou a coima de 2,5 milhões de euros a que foi condenada pelo Tribunal da Supervisão em 2015, o mesmo acontecendo com João Rendeiro, que apenas pagou as custas do processo.

VER MAIS INFORMAÇÃO EM: