Versão para impressãoEnviar por E-mail

Editores ouvidos na Provedoria negam acusações sobre manuais escolares

Guardar - Partilhar

favorites email

Partilhar no Facebook

Avaliação: / 0
FracoBom 
A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) anunciou hoje que foi ouvida em junho pela Provedoria de Justiça, onde prestou "todas as informações e esclarecimentos" sobre alterações nos manuais escolares, rejeitando responsabilidades.

VER MAIS INFORMAÇÃO EM: